amor a primeira vista

Essa coisa de se ver apaixonado por alguém pelo primeiro contato visual com ela. Desconfio que o que está em jogo é que as características da pessoa que nos vemos apaixonados de algum modo casam com uma imagem pré-existente ou pré-construída antes do encontro. O encontro é a revelação da combinação desta imagem pré-existente com a pessoa desejada. Não tem nada a ver com quem a pessoa realmente é. Ou seja, não tem nada a ver com amor e sim com apetite sexual. Não houve tempo ainda para que o encontro de temperamentos aconteça. Só a experiência vivida com esta pessoa pode mostrar rastros de quem ela é e como o modo de ser desta pessoa nos afeta e estimula. Saber disso não muda o fato de que as pessoas que estimulam a paixão no outro pela mera apresentação visual da sua pessoa começam a relação com uma vantagem sonora.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

O Palhaço e a Bailarina em cartaz no mês de Março no Teatro Molière!

Kátia Mattoso esteja em paz e bem