aluguel

A universidade aluga a força de trabalho mental de professores. Estes por conta da natureza e condições da forma de exploração do seu trabalho, hiperdesenvolvem a musculatura mental e atrofiam outras dimensões cognitivas, mas atenção, este atrofiamento é resulta do estímulo da competitividade cujo objetivo é maximar a sua produção, e o atrofiamento das outras percepções, uma consequência que ele sofre sem querer e, ás vezes, sem saber. Não é que ele deseja sacrificar o desenvolvimento de outros aspectos de sua vida, é que ninguém o avisou que, em sua heróica atitude trabalhadora, está servindo aos interesses de uma ideologia da produtividade.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Kátia Mattoso esteja em paz e bem

O Palhaço e a Bailarina em cartaz no mês de Março no Teatro Molière!