Palavras que dizem muito sobre o ofício dos cômicos. Fernando Lira.

Gostaria de compartilhar estes dois lindos parágrafos finais do livro que acabei de ler O Ator Risível do brilhante e atualíssimo escritor Fernando Lira:

"O risível projeta uma perspectiva (uma atmosfera) de alegria, de esperança e de liberdade que as instituições estabelecidas pelo mundo oficializado rejeitam e abominam, reflete a realidade paralela em que vivemos e, como véu transparente, desvenda em nós o que a vida insiste em ocultar.
Por mais que o artista reflita e tente justificar a razão do riso, a experiência de quem ri obedece a caminhos imprevistos, não tem uma meta, é repentina, prima pelos desvios da vida e suas surpresas. Por isso a experiência através do risível é reveladora, abre portas, liberta-nos da alienação, cativa-nos, nos toca o coração pelo prazer. A experiência do riso nos conduz a territórios de passagem que requerem certa passividade, uma receptividade e disponibilidade para a abertura de caminhos labirínticos. A experiência do risível tem uma qualidade existencial que a vida cotidiana não consegue alcançar." (LIRA, 2010: 293-294)

Concordo total. Estas linhas interessam e dizem muito sobre aqueles que vivem da arte de fazer os outros rir.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

O Palhaço e a Bailarina em cartaz no mês de Março no Teatro Molière!

Kátia Mattoso esteja em paz e bem