Demian Reis - breve currículo


Demian Reis
(currículo resumido)

Demian Reis é ator, palhaço, diretor, pesquisador e professor. É bacharel em história (1992-1996) pela UNICAMP (Universidade Estadual de Campinas). É mestre (1999-2001) e doutor (2006-2010) em artes cênicas pelo programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas da UFBA. Em 1996 defendeu sua monografia de graduação intitulada Quilombo: uma dança de luta entre índios guerreiros e negros quilombolas, sob orientação de Maria Clementina Pereira Cunha. Em 2001 defendeu a dissertação de mestrado A Criação de um Corpo-em-Vida – explorando as fontes orgânicas da atuação, com orientação de Leda Muhana Ianitelli. Em 2010 defendeu a tese de doutorado Caçadores de risos: o mundo maravilhoso da palhaçaria, orientado por Cleise Furtado Mendes.
Foi co-fundador do grupo Palhaços para Sempre em 2000.  É diretor do espetáculo Rosário, cuja concepção e atuação é de Felícia de Castro. Criou, apresentou, dirigiu e participou de inúmeros números e espetáculos de palhaçaria entre os quais Tataravó juntamente com Alexandre Luis Casali e Celo Costa, que circulou pela Europa em 2004 (França, Espanha, Itália e Suíça) participando de diversos festivais entre os quais o Festival de teatro de rua de Aurillac, o Festival de Espetáculo de Zurique e os principais festivais de teatro da Bahia, o Festival Internacional de Artes Cênicas da Bahia - 2009, o FILTE – III Festival Latino Americano de Teatro da Bahia - 2010 e o Festival Nacional de Teatro da Bahia - 2006. Montou e apresentou em parceria com Felícia de Castro o espetáculo Lavando a Alma, uma releitura de números da palhaçaria clássica. Dirigiu o espetáculo Cabaré Total em homenagem ao dia do Palhaço em 2009 no Café-Teatro SITORNE, trazendo para o palco o palhaço Pinduca então com 94 anos.
Ministrou mais de vinte e cinco oficinas, cursos e vivências de palhaçaria para mais de 250 pessoas em diversas cidades da Bahia entre os quais Salvador, Pintadas, Arraial da Ajuda, Ilhéus, Vitória da Conquista, Euclides da Cunha, Santa Maria da Vitória, Jacobina, Conceição do Coité e Alagoinhas. Realizou mais de 20 comunicações, debates e palestras sobre diferentes aspectos da palhaçaria. Organizou e ministrou junto com Alexandre Luis Casali, Felícia de Castro e João Lima um curso de palhaçaria de dois anos que foi oferecido na SITORNE Estúdio de Artes Cênicas de 2009 a 2010.
Atua como professor do RETRATE – Interior (Programa de Requalificação dos Trabalhadores de Teatro do Interior), coordenado pela SATED-BA (Sindicato dos artistas e técnicos em espetáculos de diversões do estado da Bahia), cujo presidente em exercício é o Fernando Marinho; Professor visitante do Instituto de Humanidades, Artes e Ciências (IHAC) da UFBA e Bolsista de Pós-doutorado Jr do CNPq sob supervisão de Armindo Bião.
Possui diversas publicações que resultaram de sua experiência como pesquisador na área de artes cênicas:
REIS, Demian Moreira. “Etnocenologia e a Criação do Ator-Dançarino”. in Repertório teatro & dança, Salvador, n. 3, p. 60-66, 1999.
REIS, Demian Moreira. “A Dramaturgia Histórica da Dança do Quilombo”. In Etnocenologia Textos Selecionados, São Paulo, p. 119-133, 1998.
REIS, Demian Moreira. “Dança do Quilombo: os significados de uma tradição.” in Afro-Ásia, Salvador- Bahia, v. n.17, pp. 159-171, 1996.
REIS, Demian Moreira. “Quilombo: uma dança de luta entre índios guerreiros e negros quilombolas.” In Palmares Em Revista, Brasília, n. 1, p. 153-173, 1996.
REIS, Demian Moreira. “A ação física e a composição do ator de Grotowski”, in MIMUS – Revista on-line de mímica e teatro físico, ano. 1, no. 1, pp. 31-52, 2009. http://www.mimus.com.br/capa01.htm
REIS, Demian Moreira, “Palhaçaria: a dramaturgia da arte do palhaço”. In VI Colóquio Internacional de Etnocenologia, Anais, pp. 243-251, 2009.
 http://etnocenologia.org/anaisvicoloquio/index.html,
REIS, Demian Moreira, “A palhaçaria em O sapato do meu Tio”. In Repertório Teatro e Dança, ano 13, n°15, pp. 165-175. Salvador: UFBA/PPGAC, 2010.
REIS, Demian Moreira, “Um mês com o Hotxuá Ismael Ahprac Krahô”. In Repertório Teatro e Dança, ano 14, n°17, pp. 215-223. Salvador: UFBA/PPGAC, 2011.
REIS, Demian Moreira, “Travessia, perigo e imaginação – A experiência Tataravó”. In Cadernos do GIPE-CIT, ano 13, n°24, pp. 131-140. Salvador: UFBA/PPGAC, 2010.

Página na internet: www.demianreis.blogspot.com

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Kátia Mattoso esteja em paz e bem

A Arte de Ir - (João Pedro Matos)