Meditação para sustentar uma mente feliz



Que chegue logo o tempo de viver numa terra de felicidade pura, na companhia de pessoas e seres que cultivam a paz mental, o amor universal para todos os seres vivos do planeta e a alegria duradoura.

Que os Tathagatas, Budas, Bodissatvas, protetores e destruidores de inimigos estejam sempre em nossa volta espantando com a sua ira todas as formas de sofrimento gerados pelos três venenos da ignorância do auto-agarramento, do apego e da raiva.

Que eu sempre encontre combustível, ao longo da minha vida, para combater estes três venenos que vem junto com a embarcação da forma humana.

Ofereço sem nenhum sentimento de perda, os objetos que despertam apego, ódio e confusão, amigos, inimigos, estranhos, nossos corpos e prazeres, peço aceita e abençoa-me, livrando-me diretamente dos três venenos.

IDAM GURU RATNA MANDALAKAM NIRYATAYAMI

Que este néctar divino, feito do sumo amoroso de todas as Taras, Divas, Dakinis e Deusas sirva para tornar meu corpo e mente atual mais feliz, mais saudável, mais apto a caminhar com alegria e prazer na terra da felicidade pura.

Que todos os homens e mulheres, animais e árvores que habitam os 5 continentes do planeta formados pela África, Ásia, América, Europa e Oceania estejam protegidos do sofrimento desnecessário, livres da morte prematura, livres das doenças, livres das guerras, livres da poluição, livres da depredação provocada por humanos e sofram apenas o mínimo necessário para desfrutar da vida com alegria em abundância.

Que o primeiro leão, negro, protetor do dia e destruidor de inimigos se manifeste espantando com a sua ira todas as formas de sofrimento que queiram se abater sobre os habitantes dos cinco continentes do planeta.

Que todas as formas de vida que habitam as águas salgadas formadas pelos oceanos Índico, Pácifico e Atlântico e todos os seres que habitam as águas doce formadas pelos rios e lagoas do mundo estejam livres do sofrimento desnecessário, livres da morte prematura, livres das doenças, livres da poluição, livres da depredação provocada por humanos e sofram apenas o mínimo necessário para desfrutar da vida com alegria em abundância.

Que o segundo leão, branco, protetor da noite e destruidor de inimigos se manifeste espantando com a sua ira todas as formas de sofrimento que queiram se abater sobre os seres que habitam todas as águas doces e salgadas do mundo.

Na travessia da embarcação da forma humana que sou hoje:

Que o amor infinito de todos os Budas se manifeste em mim para que eu possa beneficiar todos os seres vivos do planeta.

Que eu encontre motivação, força, coragem e sabedoria para remover e evitar obstáculos, obstruções, objetos, hábitos mentais e ações físicas negativas que estejam em meu caminho, sobretudo, aqueles gerados pela ignorância, o apego e a raiva que são as principais causas e condições de todo sofrimento hoje.

Que apenas objetos virtuosos e ações físicas amorosas atravessem o meu caminho multiplicando o amor, a paz e alegria que eu possa compartilhar com todos os seres vivos do planeta.

A minha semente de bodichita desabrocha numa flor de lótus do amor. Que todas as borboletas e beija-flores venham provar do incontaminado néctar da flor de lótus do amor e espalhem com as suas asas o amor pelo mundo.

Que eu consiga sustentar uma mente cada vez mais feliz para sustentar cada vez mais mentes felizes. Que eu desenvolva uma firme convicção de que apenas uma mente feliz é capaz de nos manter na terra da felicidade pura. Onde as pessoas cultivam a paz mental, o amor universal, a alegria duradoura e o prazer permanente.

Obrigado pela chance de descobrir a preciosidade da vida e pela oportunidade de tornar a vida significativa.

Peço proteção para meu pai e minha mãe e todos os meus parentes, todos os meus amigos, todos os meus colegas, todos os meus vizinhos, todos os meus conhecidos. O mesmo para os conhecidos, dos conhecidos, dos conhecidos até alcançar todos os 6 bilhões de homens e mulheres que formam a comunidade humana no planeta hoje.

Dedico o mérito que acumulei com esta meditação a erradicação definitiva dos sofrimentos causados pelos três venenos da ignorância do auto-agarramento, do apego e da raiva.

Que eu me torne um Buda o mais rapidamente possível para beneficiar todos os seres vivos do planeta e cessar já o sofrimento de todos os seres inferno, todos os seres famintos, todos os animais, todos os homens e mulheres, todos os semi-deuses e todos os deuses.

Inspiro todo sofrimento do mundo e expiro paz mental.
Inspiro todo sofrimento do mundo e expiro amor universal para todos os seres vivos do planeta.
Inspiro todo sofrimento do mundo e expiro alegria duradoura e felicidade permanente.

Que esta meditação sirva para tornar meu corpo e mente atual mais feliz, mais saudável, mais apto a caminhar com alegria e prazer na terra da felicidade pura.

Dedico esta meditação a Shiva, a Buda Shakyamuni, a Buda Maitreya, a Tara, a todos os Budas e ao venerável Geshe Kelsang Gyatso.

Ofereço ao mundo o sorriso do viver feliz e abro meus olhos.





Demian Reis, Salvador, Quarta-feira de cinzas, 17 de fevereiro 2010.
5 comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O Palhaço e a Bailarina em cartaz no mês de Março no Teatro Molière!

Kátia Mattoso esteja em paz e bem